Quando devo ir ao ginecologista?

Ginecologista- Clínicas Parque das Palmeiras

O indicado é ir ao ginecologista pelo menos 1 vez por ano para fazer os exames de diagnóstico de prevenção, por exemplo, o exame do Papanicolau, que ajuda na identificação precoce de alterações no útero. É de suma importância ir ao ginecologista para fazer a identificação de doenças sexualmente transmissíveis, entre outros.
Para que a mulher garanta seu bem estar e sua saúde, como dito anteriormente, é recomendado que a consulta com o ginecologista seja feita anualmente.
Por esse motivo, as Clínicas Parque das Palmeiras prepararam esse artigo com motivos para você consultar uma profissional em ginecologia, confira:

Menstruação atrasada
No momento em que você percebe que sua menstruação está atrasada por pelo menos 2 meses e o teste de gravidez deu negativo, o ideal é que você consulte uma ginecologista, já que o atraso da menstruação pode acontecer quando a mulher tem problemas no aparelho reprodutor ou quando o ciclo se altera quando a mulher deixa de usar sua pílula anticoncepcional, ou até mesmo quando o seu estresse dura vários dias.

Para a prevenção do câncer de mama e de colo do útero
O câncer de mama é uma das doenças que mais afeta as mulheres, então é muito importante que o profissional de ginecologia faça o exame de seios na paciente e que faça a ultrassom da mama ou a mamografia.
Em relação a prevenção do câncer do colo do útero, o exame Papanicolau deve ser feito anualmente, porque é um dos instrumentos mais importantes no diagnóstico precoce. Se essas doenças forem detectadas logo em seu início, as chances de cura aumentam gradativamente.

Corrimento vaginal com mau cheiro
Um corrimento com cor e com cheiro forte são sinais de infecção. Coceira e dor na vagina também são sintomas de infecção, então o ideal é procurar um ginecologista para que ele faça o exame de diagnóstico correto e comece o tratamento o quanto antes. Geralmente esse tratamento é feito com antibióticos, como comprimidos e pomadas.

Irregularidades menstruais
O aumento do fluxo da menstruação ou ausência do mesmo, cólicas muito fortes, entre outros, são sinais de que você deve se consultar. Essas irregularidades podem ser sinais de doenças como problemas de tireoide, ovários policísticos, entre outros.

Dor ao urinar
Como todos sabem, a dor ao urinar é um dos sinais principais de infecção urinária. O tratamento também pode ser feito com o uso de antibióticos indicados pelo ginecologista. A infecção urinária é a presença anormal de patogênicos que causam doença em uma determinada região do trato urinário. Essas infecções são mais comuns nas mulheres e geralmente costumam ocorrer na bexiga ou uretra, porém, nos casos mais graves as infecções podem envolver até mesmo o rim. A infecção pode causar dor na pelvis, aumento da vontade de urinar e dor e sangramento ao urinar.

Disfunções sexuais
A dor durante a relação sexual, por exemplo, está associada com a falta de lubrificação da vagina ou na diminuição do desejo sexual e dificuldade de atingir o orgasmo. Os motivos para as disfunções sexuais podem ser tanto físicos quanto psicológicos. Ao consultar sua paciente, a ginecologista pode ajudar a pessoa a descobrir as causas e soluções para esses problemas.

Métodos contraceptivos

Cada uma das mulheres são diferentes em relação a indicações dos métodos contraceptivos. É ideal ir ao ginecologista para que a médica avalie e ajuste as opções de métodos conforme o organismo de cada paciente. Nem sempre o método que a sua amiga usa é o melhor para você, por isso é necessário que essa consulta seja feita.

Gostou do artigo? No mês do Outubro Rosa, as Clínicas Parque das Palmeiras prepararam diversos combos ginecológicos com preços acessíveis para que você se previna de doenças e cuide de sua saúde. Consulte as opções de combo no instagram das Clínicas: https://www.instagram.com/clinicasparquedaspalmeiras/ e agende sua consulta pelo número 91 3205-0060 (WhatsApp).